Odonto Partners

Blog

Fique por dentro de conte√ļdos relevantes sobre a nossa √°rea e acompanhe todas as novidades da Odonto Partners!

Dentista ūüė∑ pode postar antes e depois?

Uma breve passagem pelas redes sociais e pronto: j√° nos deparamos com os perfis de in√ļmeros profissionais, das mais diversas √°reas, publicando imagens de antes e depois de um determinado per√≠odo de tempo ou procedimento. Entre os mais comuns, encontram-se comparativos depois de processos de emagrecimento, da ades√£o √† atividade f√≠sica, da interven√ß√£o de cirurgias pl√°sticas, assim como depois da maquiagem, do designer de sobrancelha e dos cuidados do cabeleireiro. Se, no entanto, esse tipo de registro √© permitido para algumas √°reas de atua√ß√£o, o fato √© que essa permiss√£o n√£o se aplica √† publicidade na Odontologia. Ou, pelo menos, n√£o por enquanto.

Assim, por mais comum que seja a verifica√ß√£o de antes e depois de pacientes nos perfis de cirurgi√Ķes-dentistas em todo o Brasil, sempre vale lembrar que, de acordo com o Artigo 44 do Cap√≠tulo XVI do C√≥digo de √Čtica Odontol√≥gica, produzido pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO), constitui infra√ß√£o √©tica

‚Äú[…] XII ‚Äď expor ao p√ļblico leigo artif√≠cios de propaganda, com o intuito de granjear clientela,¬†especialmente a utiliza√ß√£o de imagens e/ou express√Ķes antes, durante e depois, relativas a procedimentos odontol√≥gicos¬†[…]‚ÄĚ.

Lembrando que essa infração ética independe de haver ou não o consentimento do paciente para essa divulgação, isto é, mesmo que o paciente concorde com essa publicação, ela continua não sendo permitida.

A quest√£o, sem d√ļvida, suscita pol√™mica, uma vez que muitos profissionais da Odontologia n√£o concordam com essa restri√ß√£o, caracterizando-a como ‚Äúretr√≥grada‚ÄĚ. Nesse sentido, portanto, muitos defendem que ‚Äúest√° mais do que na hora de o CFO se atualizar‚ÄĚ.

Consultado a esse respeito, o respons√°vel t√©cnico da Odonto Partners, dr. Fl√°vio Luposeli, esclarece que,¬†antes de mudar o c√≥digo de √©tica da Odontologia, √© necess√°rio mudar as leis do C√≥digo de Defesa do Consumidor. Embora tamb√©m n√£o concorde com essa limita√ß√£o na propaganda, a ‚Äúculpa‚ÄĚ, conforme o especialista, n√£o deve ser atribu√≠da ao CFO:¬†‚ÄúOcorre que o C√≥digo de Defesa do Consumidor nos d√° o direito de trabalharmos, na maioria dos procedimentos, como profissionais de meio, n√£o de fim (sem nos comprometer com resultado est√©tico). Postando antes e depois, n√≥s perdemos esses direitos, uma vez que as leis brasileiras passam a enxergar esse tipo de publicidade como ‚Äėpromessa de resultado‚Äô‚ÄĚ. E conclui:¬†‚ÄúLogo, quando alinha o seu c√≥digo de √©tica ao do C√≥digo de Defesa do Consumidor, o CFO s√≥ protege o cirurgi√£o-dentista‚ÄĚ.

Gostou desse conte√ļdo? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *