Odonto Partners

Blog

Fique por dentro de conteúdos relevantes sobre a nossa área e acompanhe todas as novidades da Odonto Partners!

Coronavírus chegou. E agora? – pelo dr. Flávio Luposeli

Os coronavírus são velhos conhecidos da ciência. Apesar de a maioria das infecções causadas por esses vírus apresentar sintomas de um resfriado leve a moderado, outras podem causar transtornos respiratórios mais severos, como os da SARS e MERS. Mas a bola da vez é o coronavírus da China.

Apesar da sua letalidade ser baixa em números relativos (entre 2% e 5%) e de a maioria dos óbitos ter ocorrido em pacientes sob condições clínicas específicas, ocorre que, como o vírus se transmite muito rapidamente, o número de óbitos em termos absolutos preocupa autoridades!

É necessário ressaltar que o único caso confirmado no Brasil apresenta sintomas muito leves e está sendo tratado em casa – ou seja, confinamento familiar, apenas!

Aliás, esse é outro ponto interessante: não sabemos como será o comportamento da doença no Brasil, se mais casos aparecerem. Em condições climáticas e ambientais bem diferentes das originais, os casos no País podem evoluir de forma mais branda. Além disso, como muitos dos casos mais severos foram contidos, existe a possibilidade de o vírus se propagar na forma menos agressiva.

De qualquer modo, acreditamos que a informação de qualidade é o melhor remédio, pois auxilia na prevenção e disseminação da doença. Estima-se que uma pessoa contaminada possa contaminar entre 3 e 4 pessoas. Dessa forma, não é porque 1 contaminado está em um local que todos nesse mesmo local contrairão o vírus!

 

Assim, valem alguns cuidados, a saber:

1. Lave as mãos constantemente – SEMPRE – ao entrar e sair de ambientes comunitários, como shoppings, banheiros, aviões, taxi, Uber, etc.;

2. Monitore os seus filhos constantemente. Mantenha as mãos limpas o tempo todo;

3. Nunca use a roupa do trabalho para se deitar no sofá ou na cama. Chegue em casa, tire a roupa, lave bem as mãos e passe álcool gel. Faça isso com todos os membros da casa, incluindo funcionários;

4. Se estiver com sintomas, procure um médico e também use máscaras para evitar propagar o vírus;

5. Evite locais aglomerados e fechados;

6. Tenha sempre álcool gel consigo;

7. Mantenha-se hidratado;

8. Mantenha as vacinas em dia, inclusive as de Influenza, pois o coronavírus tende a ser mais agressivo em pacientes com imunidade debilitada por doenças concomitantes;

9. Não entre em pânico desnecessariamente;

10. Pessoas com boa saúde dificilmente evoluirão mal, mesmo que contraiam o vírus.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *